Teatro – “O Mal Dito” de Isidore Ducasse

1 junho, 2017 | Teatro |

 

O ator e diretor Fransérgio Araújo apresenta uma montagem do espetáculo “O Mal Dito” onde coloca o Teatro Selvagem a serviço dos versos de “Cantos de Maldoror”, de Conde de Lautréamont, o pseudônimo literário do poeta franco-uruguaio Isidore Ducasse (1846-1870).

Fantástica, simbólica, agressiva e pessimista em relação ao ser humano e seu Criador, a obra “maldita” de Ducasse foi condenada por conservadores, mas reverenciada por grandes nomes das artes e da filosofia. O poeta francês André Breton (1896-1966) o considera um dos precurssores do surrealismo.

Para Fransérgio Araújo, Ducasse se utiliza da revolta, muito comum ao homem, para expressar exatamente o contrário, ou seja, a máxima docilidade que pode se encontrar no ser humano. A partir de situações agressivas e violentas, além de seres fantásticos, o poema tem sua força estruturada na metamorfose inerente à natureza, evidenciando o homem selvagem em detrimento do homem domensticado, assombrado por dogmas e culpas.

Dia: 10/06

Horário: 21 horas

Valor: R$ 40,00

Duração: 50 minutos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe o seu comentário